Escopo de acreditação: 4 etapas essenciais para uma boa definição

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade
metrologia, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Neville Fusco

Neville Fusco

Um dos desafios mais importantes ao montar um laboratório é definir seu escopo de serviços ou atividades. Esta definição é fundamental e deve ser realizada de maneira cuidadosa durante as preparações para a acreditação.

Neste artigo, irei apresentar quatro etapas muito importantes para definir seu escopo de acreditação.

Para começarmos e entendermos o desafio técnico que um laboratório tem é necessário compreender, inicialmente, os conceitos de atividade e escopo.

Antes de andar, é preciso saber para onde ir

O escopo de acreditação pode ser entendido como “Serviços específicos de avaliação da conformidade para os quais a acreditação é desejada ou foi concedida”. Esta definição é apresentada no Documento Orientativo DOQ – CGCRE – 20.

Este documento traz definições relacionadas à acreditação de laboratórios, produtores de materiais de referência e provedores de ensaios de proficiência,

Para a norma ABNT NBR ISO/IEC 17025, um laboratório é uma organização que realiza uma ou mais das seguintes atividades:

  • Calibração
  • Ensaios
  • Amostragem

Nesse contexto, o escopo de um laboratório é o conjunto de atividades (calibração, ensaio ou amostragem) que ele tem capacidade técnica e operacional para oferecer a seus clientes.

Para definir um escopo adequado e em acordo com sua competência, o laboratório deve avaliar alguns elementos. Entre eles, estão sua estrutura, seus processos, os recursos que possui e seu sistema de gestão.

Qual a importância do escopo de acreditação?

A busca por um escopo de acreditação robusto é um caminho longo e que requer muito trabalho e competência técnica.

A acreditação de um laboratório é realizada por área para calibração, por exemplo: dimensional, temperatura e umidade, eletricidade, tempo e frequência, etc. Para ensaios, são definidos a área de atividade e a classe de ensaios.

Mas, qual a importância de ter um escopo acreditado?

Além de demonstrar e evidenciar a competência técnica do laboratório, o escopo bem definido auxilia o cliente do laboratório no momento da contratação. Essa definição bem delineada torna claro o que realmente pode ou não ser contratado.

Quando um laboratório oferece um escopo claro e robusto aos seus clientes, provê confiança em seus resultados e entregas. Assim, garantindo uma competência com reconhecimento nacional e internacional.

4 etapas essenciais para definir o escopo de trabalho

Para auxiliar na elaboração de um escopo de acreditação, vou apresentar 4 etapas importantes para que o laboratório possa seguir, mas não se limitando a essas etapas.

Avalie seus equipamentos

Realize uma avaliação nos equipamentos e dispositivos que o laboratório possui, levando faixas de trabalho, precisão, exatidão e funcionalidades. É muito comum laboratórios não avaliarem todas as informações de seus equipamentos e considerar escopos menores que sua capacidade.

Identifique suas competências

É muito importante identificar em quais áreas o laboratório tem maior competência técnica. Usualmente, esse é o caminho mais rápido para obter a acreditação. Buscar um escopo de acreditação em áreas que o laboratório ainda está desenvolvendo competência pode tornar o processo de acreditação muito mais árduo.

Análise suas demandas

Um ponto muito relevante é avaliar as maiores demandas que um laboratório recebe de seus clientes e quais áreas são as mais importantes para a estratégia do laboratório.

Por exemplo, se o laboratório atua com clientes na área de ciências da vida, não faz muito sentido buscar acreditação na área dimensional. Inicialmente seria mais interessante atuar em áreas como temperatura, pressão e vazão, por exemplo.

Adequação às normas e regulamentações

Outro aspecto relevante, em especial para o escopo de acreditação de ensaios é garantir a adequação aos métodos descrito em normas e regulamentos técnicos.

O uso de métodos normalizados para realizar a uma calibração ou um ensaio é um grande facilitador para o processo de acreditação. O que contribui para reduzir a necessidade de validação de métodos pelo laboratório.

Desafios na definição de um escopo de acreditação

Muitos são os desafios que o laboratório irá enfrentar no caminho da acreditação e da consolidação de seu escopo. Abaixo destaco alguns dos desafios mais comuns enfrentados por laboratórios na jornada da acreditação.

Abrangência excessiva ou restrita

Começar por um escopo amplo ou menor? O laboratório deve ter muito cuidado ao definir um escopo, para não querer abraçar o mundo. Incialmente, recomendo começar por um escopo menor e ser mais assertivo no projeto de acreditação, aprendendo com todas as etapas do projeto.

Custos do processo de acreditação

Outro ponto muito relevante que o laboratório precisa considerar são os custos relacionados ao projeto de acreditação e a manutenção da acreditação. Os custos são relacionados por área de acreditação e tamanho do escopo. Avalie seus custos fixos e variáveis para garantir que seu fluxo de caixa vai suportar esse custo.

Avaliação da maturidade do Sistema de Gestão do laboratório

Manter e melhorar um sistema de gestão efetivo é fundamental para a continuidade e perpetuidade do laboratório. Auditoria interna, reclamações de clientes, trabalhos não conformes, entre outros requisitos da ABNT NBR ISO/IEC 17025 podem ajudar a avaliar a maturidade do sistema de gestão e identificar pontos de melhoria.

Os benefícios de longo prazo para a continuidade do laboratório

Um escopo de acreditação bem definido, com foco no público-alvo do laboratório, e a ampliação do escopo planejada e bem definida têm muitos benefícios no longo prazo.

São diversos os exemplos de benefícios para o laboratório que vão ajudar a perenidade do laboratório. Entre eles, estão a evidência da competência técnica, o reconhecimento nacional e internacional, a maturidade da gestão e a evolução da capacidade técnica.

Neste processo de definição do escopo para acreditação, exploramos como estabelecer um campo de atuação claro e preciso é crucial para laboratórios. Espero que este artigo tenha contribuído na busca pela qualidade, fortalecendo esta jornada tão importante para os laboratórios.

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

Blog da Metrologia

Artigos relacionados

Publicidade

Banner vertical - webinar seja auditor

Qualicast

Qualicast